Projeto de bruxo

Projeto de bruxo

                Era uma vez um menino alto, magro, de cabelos negros  e muito solitário: não tinha amigos, nem família. Ele morava em um orfanato e ninguém queria adotá-lo. Chamava-se Toni.

                Certo dia, o garoto recebeu um envelope que, quando aberto, tinha um varinha mágica e uma carta assinada pela bruxa Filomena, sua tia distante. Nela, a remetente dizia que iria adotá-lo porque ele era um bruxo e precisava ser iniciado no mundo da magia, devia aprender todos as coisas relativas ao mundo da bruxaria.

 

                A varinha mágica era de verdade e Toni acabou transformando o sofá em um carro e o chuveiro em uma piscina. Animado com os seus progressos, o bruxinho foi arrumar suas malas feliz da vida, esperando um sinal verde da tia para que ele pudesse viajar.

                Dias depois, o garoto recebeu nova carta da tia dizendo que as dez da noite estaria esperando-o no bosque da Escuridão . O menino, muito animado, aprontou-se todo e, chegando a hora combinada, encontrou-se com a tia bruxa no local combinado. Montaram na velha vassoura e foram os dois felizes para a casa de Filomena que, na verdade, era um ninho gigante em cima de uma imensa árvore centenária.

                O aprendizado começou logo no dia seguinte. A professora não dava folga para o aluno, era um tal de inventarem e experimentarem das mais diversas porções e magias do outro mundo. O progresso de Toni após meses era bem animador. O garoto só não conseguia desarmar um velho bruxo que usava uma armadura de aço  e um punhal que movia com destreza de mestre.

                Um belo dia, tia  e  sobrinho estavam treinando quando foram surpreendidos por uma visita nada agradável: um homem soltou para dentro do grande ninho, sem sequer se convidado, levando consigo a velha senhora. O destino era um laboratório usado para fazer experimentos com bruxas . Para estudá-las, iriam dissecar  a pobre da bruxa. Enquanto isso, o sobrinho que naquela altura já se afeiçoara à tia, pegou a vassoura e tentou chegar ao lugar onde estava a parente, mas não obteve sucesso imediatamente. Foi procurar ajuda e aliou-se ao velho bruxo que tentara vencer.

                Os antigos rivais , uniram-se para salvar a pobre bruxa. Ao mesmo tempo que juntaram as forças , descobriram que o sequestrador era um terrível bandido procurado pela Scotlanduil, a polícia dos bruxos. O sobrinho, com a ajuda do antigo rival ,começou um grande duelo, usando sua varinha mágica, duelando com o malvado homem que levara sua tia como refém.

                Finalmente, Toni provara a todos ser um grande bruxo porque venceu o duelo e levou sã e salva sua amada tia bruxa para o seu  antigo lar : o ninho em cima da grande árvore, vivendo felizes através dos séculos e séculos.

                                 João Pedro, 5ª E

Comentários   

 
0 #3 lucas david 15-05-2013 13:54
:lol: nao me emporto
 
 
+1 #2 Alunos Santa Catarina 02-05-2013 17:07
agora tirou aquele trem de e-mail,nome
 
 
+2 #1 misterio 02-05-2013 17:00
porque mudou era bom do outro jeito :cry:
 

Você não tem permissão para enviar comentários

Você está aqui: Home Textos Projeto de bruxo