O mundo de Franckie Pickle

          Monstros de lava no meio da Amazônia, robôs atacando a cidade, a imaginação do Frankie Pickle é mesmo muito fértil. Ele está sempre aprontando alguma, sem precisar sair de casa. Só que nem toda a criatividade do garoto consegue derrotar um poderoso adversário - a bagunça no quarto dele. São tantas roupas sujas, gibis e até sanduíches jogados por todos os cantos que o caos parece que vai tomar conta da casa toda, do mundo inteiro. Agora, o Frankie precisa encontrar um jeito de limpar o Armário da Perdição. Mas isso vai ser mais difícil que detonar robôs ou fugir de monstrengos esquisitos - será que ele consegue?

           O Guilherme Fontoura  é fã deste personagem e desenhou os principais personagens da Série FRANKIE PICKLE. Veja os desenhos e leia a série.

Leia mais:

Série de desenhos - Tiago Moreira

Ele é uma "fera" nos desenhos. Confira a seguir na galeria de quadrinhos do Tiago Moreira.

Leia mais:

ENTREVISTA COM CAROLINA FERREIRA SOARES

Construtores do Saber:Ela escreve desde os 15 anos, gosta de poetas e escritores consagrados, seus poemas falam de amor, lê todos os dias, foi incentivada pela mãe e pelos professores a ler, pensa que um poema é resultado de inspiração e trabalho, vê na leitura uma forma de aumentar o vocabulário, de aprimorar o senso crítico e de conhecer o eu interior. Pretende lançar um livro de poemas. A entrevistada está no 3º ano do ensino médio e três de seus belos poemas estão no final desta entrevista.

 

CS: Com qual idade começou a escrever poemas?

Carolina: Comecei com 15 anos. Eu já amava ler poemas mas nunca pensei em escrever. Com o passar do tempo me apeguei tanto que queria ser como os poetas que eu lia, queria poder escrever e saber que a grande autora era eu.

CS: Qual o espaço que a leitura e a escrita ocupam em sua vida?

Carolina: A leitura é fundamental para mim e, assim como ela, a leitura. Não consigo passar um dia sem ler e pouco menos de uma semana sem escrever. Vai além do gosto pessoal, chega a ser necessidade.

CS: Qual a importância de seus pais e dos familiares na sua formação de leitora e escritora?

Carolina: Minha mãe sempre gostou de ler e acabou me fazendo gostar tanto quanto ela. O gosto pela escrita surgiu com a leitura. Quanto mais eu lia, mais eu queria poder escrever tão bem quanto os autores, ainda falta muito para isso.

Leia mais:

ENTREVISTA COM EDUARDO FILHO

Construtores do Saber: Todos nós sabemos da importância do esporte para a manutenção da nossa saúde. O Eduardo, desde os 4 anos de idade, já movimenta seu corpo praticando a natação, esporte que já o fez subir no pódio. Que venham outras inúmeras conquistas no esporte e na vida desse campeão !

 

Leia mais:

Entrevista com Amanda Cetrin

 

Construtores do Saber: O interesse de Amanda pelo hipismo é muito grande, basta conversar com ela um pouquinho para ver o quanto essa garota ama montar. Até suas preferências literárias passam pelo esporte. Outro dia, na sala de aula, mostrou-me um bonito livro sobre cavalos. Nas produções de texto que faz sempre dá um jeitinho de contar uma história que tenha esses animais. Conheça um pouco mais sobre o hipismo e a paixão de Amanda pelos cavalos.

CS: Quando começou o interesse pelo esporte?
Amanda: Eu me interessei vendo a minha tia; ela também ama cavalos e desde pequena eu a vejo montar. Ela participa de várias cavalgadas, faz provas de tambor, baliza e pratica o hipismo “western”. Além disso, o meu avô tem um sítio com vários cavalos, então desde bem pequena, eu já gostava de cavalos, então resolvi há dois anos aprender profissionalmente montar a cavalo.

CS: Quantas vezes você pratica o hipismo por semana? Você tem uma rotina de treinamentos?
Amanda: Minha rotina é duas vezes por semana ir à hípica, aquecer o cavalo ao passo, trote e galope. Eu aqueço sozinha e depois começa a minha aula com saltos, regras básicas da equitação. A cada dia eu vou aprendendo uma coisa nova: primeiro foi o trote elevado, o trote sentado, aprendi sobre o galope falso, galope reunido...

Leia mais:

Você está aqui: Home Alunos Talentos